Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Juiz de Fora > 2019 > 07 > Projeto Cineclube Entre Saberes aborda racismo e questões de gênero
conteúdo

Geral

Projeto Cineclube Entre Saberes aborda racismo e questões de gênero

publicado: 09/07/2019 16h56, última modificação: 10/07/2019 16h56
Iniciativa exibe filmes mensalmente, visando fomentar o debate de temáticas sociais. Na última sexta, o filme escolhido foi “Estrelas além do tempo”.

Alunos durante exibição de “Estrelas além do tempo”.

Na tarde da última sexta-feira, 05, o projeto Cineclube Entre Saberes exibiu o filme “Estrelas além do tempo”, indicado ao Oscar de melhor filme, em 2017, no Auditório do Bloco A. Coordenado pela professora do Núcleo de Sociologia e Filosofia Amanda Chaves, o projeto visa à abordagem de questões sociais, levando os alunos a discussões e reflexões a respeito da sociedade e das relações humanas. 

Após a exibição de cada filme, os alunos têm um momento de debate, em que um convidado é chamado a comentar a temática e, em seguida, os estudantes compõem as discussões. Nesta edição, a bibliotecária do Campus JF, Vânia Márcia de Paula, falou sobre suas experiências de vida. “Ela é uma mulher negra muito importante para a nossa instituição e ela está sempre em contato com os alunos. Então foi muito importante, porque eles mesmos se identificaram, ela trouxe representatividade”, comenta a aluna do curso técnico em Informática, Laura Silva Vieira.

De acordo com a professora Amanda, o primeiro filme exibido foi “Pantera negra”, tratando a questão étnico-racial. “Dessa vez quisemos fazer uma passagem, retomando a questão do racismo, e avançando para as questões de gênero. No próximo, buscaremos outro filme que mantenha essa continuidade entre os temas”. Segundo ela, sugestões dos participantes são feitas e então é aberta uma votação para decidir.

Jornal Cineclube Entre Saberes

A iniciativa é realizada em conjunto com os alunos do segundo ano do curso técnico de informática. Além de participarem ativamente das votações de escolha dos filmes e dos debates, os estudantes também produzem o Jornal Cineclube Entre Saberes, distribuído anteriormente a cada exibição, como uma forma de divulgar o encontro e contextualizar os participantes a respeito da temática.

O projeto, aberto a outros estudantes e professores, é desenvolvido de forma voluntária pelos alunos, como um desdobramento do Cineclube. Cada edição antecede a temática mensal com produções de texto, montagem, edição e diagramação dos estudantes, conforme a disponibilidade de cada um. Os exemplares são distribuídos para professores e alunos interessados em conhecer o trabalho desenvolvido, além de serem publicados no portal do Instituto, em formato PDF. Confira os jornais Cineclube Entre Saberes Primeira edição e Segunda edição.

Náthaly D’Almada do Espirito Santo conta que ela e seus colegas gostam do trabalho que desenvolvem. “É um momento de descansarmos a mente das provas e de obrigações; são coisas com as quais a gente se identifica. É satisfatório ver outras pessoas assistindo conosco aos filmes propostos e lendo o jornal que produzimos. Mesmo que aos olhos dos outros possa parecer brincadeira, para nós é algo bem sério, mas, ainda assim, leve”.

Para a professora Amanda, a iniciativa de pouco mais de três meses proporciona realização pessoal. “Tem nove anos que eu trabalho na instituição, e essa tem sido a atividade que mais me dá alegria, prazer e realização. Tem sido incrível trabalhar com o grupo, não tenho palavras para expressar minha felicidade nesse momento. É um grupo que se disponibiliza prontamente para realizar todas as atividades”.

O projeto realiza exibição de filmes mensalmente. O próximo encontro acontece no mês de agosto, após a volta às aulas.

Por Paola Rosa
Revisão: Paula Faia

 

registrado em: ,